Arq Bras Neurocir
DOI: 10.1055/s-0036-1594261
Review Article | Artigo de Revisão
Thieme Publicações Ltda Rio de Janeiro, Brazil

Síndrome do duplo impacto do nervo mediano: uma revisão de literatura

Double Crush Syndrome of the Median Nerve: A Literature Review
Marcelo José da Silva Magalhães
1  Professor, curso de Medicina, Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte) e Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (Fip-Moc); neurocirurgião e cirurgião de nervos periféricos do Hospital Aroldo Tourinho, Montes Claros, MG, Brasil.
,
Alice Augusto Costa Correia
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
,
Emannuelly Aparecida Silva da Cruz
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
,
Fernanda Caldeira Veloso Santos
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
,
José Antônio de Aguiar Filho
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
,
Lorena Aparecidade Lourdes
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
,
Luísa Malheiro Ferreira
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
,
Synara Figueiredo Silva de Quadros
2  Acadêmicos de Medicina, Funorte, Montes Claros, MG, Brasil
› Author Affiliations
Further Information

Publication History

29 May 2016

30 August 2016

Publication Date:
22 November 2016 (eFirst)

Resumo

A síndrome do duplo impacto (SDI) é conceituada como o comprometimento compressivo de um mesmo nervo periférico em segmentos distintos. Quando essa síndrome acomete o nervo mediano, usualmente se nota uma compressão proximal de um nervo espinhal que irá constituir o nervo mediano (frequentemente, o nervo espinhal de C6) ao nível da coluna cervical por uma hérnia discal e uma compressão distal ao nível do túnel do carpo. Dados epidemiológicos sobre a SDI comprometendo o nervo mediano ainda são muito escassos na literatura médica. Observa-se que o diagnóstico pode ser inferido por sintomas e sinais presentes proximal e distalmente no membro superior, além de alterações presentes na eletroneuromiografia de membros superiores, bem como achados em exames de neuroimagem como a ressonância magnética da coluna cervical. Atualmente, a informação sobre qual ponto neuroanatômico de compressão deveria ser abordado inicialmente ainda depende de mais estudos. Dados escassos inferem que esses pacientes, quando submetidos ao tratamento cirúrgico em apenas um dos pontos de compressão do nervo mediano, evoluem com resultados funcionais piores que o grupo de pacientes com síndrome do túnel do carpo sem SDI tratados cirurgicamente.

Abstract

The Double Crush Syndrome (DCS) is defined as the compressive committal of the same peripheral nerve in different segments. When this syndrome affects the median nerve it is usual to notice a proximal compression of a spinal nerve that will constitute the median nerve (often the spinal nerve at C6) at the level of the cervical spine by a herniated disc and a distal compression at the level of the carpal tunnel. Epidemiological data on the DCS compromising the median nerve are still very scarce in the medical literature. It is observed that the diagnosis can be inferred by symptoms and signs that are present proximally and distally in the arm, as well as in alterations presented in electromyography of upper limbs, as well as findings in neuroimaging studies such as magnetic resonance imaging of the cervical spine. In current times, the information on which compressed neuroanatomical point should be addressed initially still depends on further studies. Limited data infer that these patients, when treated surgically in one of the median nerve compression points, evolve with worse functional outcomes than the group of patients with carpal tunnel syndrome without DCS treated surgically.